Municipal

Atualizado em 09/06/2017 06:59

Presídio federal em Bayeux: Políticos paraibanos contrários à obra vão levar debate para ALPB e junto ao MJ

Na justificativa para solicitar a realização do debate, o parlamentar ressalta um aspecto que deverá dominar as discussões

A possibilidade de se construir um presídio federal em Bayeux, município que integra a área Metropolitana de João Pessoa, tem encontrado mais opositores que aliados. E a Assembleia Legislativa da Paraíba vai pôr o tema em debate, na próxima terça-feira, numa audiência pública proposta pelo deputado estadual João Gonçalves (PDT). Uquem também se manifestou contrario foi o Deputado Federal André Amaral (PMDB) que marcará audiência com o ministro da Justiça, Torquato Jardim para impedir a construção da obra.

Na justificativa para solicitar a realização do debate, o parlamentar ressalta um aspecto que deverá dominar as discussões.  O presídio não trará desenvolvimento para cidade. Pelo contrário, a consequência será de insegurança e a desvalorização imobiliária do município .

Esta semana, o deputado federal André Amaral (PMDB) postou nas redes sociais vídeo em que critica o prefeito Berg Lima (Podemos) que, segundo ele, foi quem procurou as autoridades federais para comunicar que aceitaria a construção do presídio na cidade. Ainda em sua fala, o parlamentar afirmou que marcará audiência com o ministro da Justiça, Torquato Jardim, para dizer que  o povo de Bayeux não quer esse presídio, e que a Grande João Pessoa não merece esse presídio . E sugeriu outra solução:  Desaproprie esse terreno, prefeito, e convide uma indústria para gerar emprego e renda. Com certeza ela trará mais tranquilidade de dignidade para o povo de Bayeux .

Redação