Estadual

Atualizado em 10/08/2017 06:55

Tôrres rechaça críticas ao fim do racionamento em CG: Pequenez e mediocridade

É um crime de lesa-humanidade você torcer pelo não fim do racionamento

O secretário de Comunicação do Estado, Luís Tôrres, atacou as críticas da oposição ao fim do racionamento de água em Campina Grande. Para Tôrres, as críticas 'beiram o absurdo' e a oposição torce para que o racionamento continue na cidade.

 É pequenez e mediocridade mesmo, porque ciúme a gente vai ali toma uma dose de cachaça e cura a dor de cotovelo. Mas é algo que beira o absurdo, o fim do racionamento é a melhor notícia de Campina em três anos , disse.

 Para o secretário, a oposição se contradiz, pois a meses atrás pedia e indagava ao Governo o fim do racionamento, após a chegada das águas do Rio São Francisco a Monteiro.

  É um crime de lesa-humanidade você torcer pelo não fim do racionamento, e contraditoriamente, há poucos meses o discurso era porque a Cagepa não acaba? Aí o governo com responsabilidade vai lá e termina e vem com discurso medíocre como esse , concluiu.