Estadual

Atualizado em 05/12/2017 17:26

Tôrres faz comparativo entre Cartaxo e João Azevêdo

O secretário de Comunicação Institucional do Governo da Paraíba, Luís Tôrres, não economizou nas críticas quando o assunto é a capacidade administrativa do prefeito Luciano Cartaxo (PSD), a qual considerou aquém em comparação com a capacidade do candidato do governo, o secretário João Azevêdo, do PSB.

Em entrevista na noite de ontem, durante o programa Conexão Master, Tôrres fez um breve comparativo entre os dois nomes postos na disputa, na atualidade, e previu que Cartaxo terá que criar ou até mesmo inventar algo que não é palpável para tentar plantar seu nome pelo interior do Estado.

Já o candidato do Governo, João Azevêdo, conforme Tôrres, tem a seu favor realizações e ações reais que transformaram a vida do paraibano, de João Pessoa a Cajazeiras.

 Existe todo um histórico, um aparato real, concreto, e eu não estou falando de cimento e tijolo não, eu estou falando de obras, de ação, de entrega e de transformação da vida da população sobre as quais João Azevêdo é responsável. A figura dele pode ainda não ser totalmente conhecida. Mas o que ele fez, o que ele entrega, o que ele está entregando pela Paraíba são coisas reais. São coisas que quando as pessoas fizerem a associação vão perceber que João já era conhecido há muito tempo, que ele já fez muita coisa por esse governo, diferente do prefeito Luciano Cartaxo que vai ter que criar, inventar algo que não é palpável, porque basta o povo do interior vir para João Pessoa para ver que a cidade não se transformou na gestão Cartaxo. Desde a construção do Valentina Figueiredo, foi João que montou a via do transporte público, que basicamente todos os locais dos grupos residenciais têm acesso às linhas de ônibus. Quem não conhece o viaduto do Geisel, tem João Azevêdo; quem não conhece o Trevo das Mangabeiras, que tem João Azevêdo, quem não conhece a Escola Técnica de Cajazeiras, entre tantas outras obras que têm a marca de João. Tudo tem a capacidade dele e o nome dele. A associação é natural. Desde a gestão municipal Ricardo nunca permitiu que as pessoas fossem maior que a gestão pública. Você não tem a foto mas tem a capacidade de João em cada obra e isso é que nos estimula a imaginar que será fácil as pessoas entenderem e fazer a associação, então isso dará a João um grande cartão de visitas na hora da apresentação , arrematou.