Municipal

Atualizado em 10/01/2018 11:22

Procurador da Câmara diz que novo vídeo contra Berg não altera nada

O procurador da Câmara Municipal de Bayeux, Aécio Farias, afirmou, nesta quarta-feira (10), que o novo vídeo que mostra o prefeito afastado, Berg Lima, negociando o pagamento de propina não altera em nada a decisão dos vereadores, que rejeitaram sua cassação.

Ele explicou que o vídeo deveria ter sido apresentado durante o período em que a Comissão Processante coletava provas para o pedido de cassação. O mérito do caso já foi julgado e esse vídeo não foi apresentado como prova, justificou.

Autor do pedido de cassação que foi arquivado, o vereador Adriano Martins revelou pretensão em utilizar o novo vídeo para reapresentar requerimento para cassar o mandato de Berg Lima.  No entanto, o procurador afirmou que não é possível.

Novo pedido de cassação

Na manhã de hoje a Comissão que analisa um outro pedido de cassação contra Berg Lima coleta o depoimento de testemunhas sobre um possível desvio de recursos por meio de uma empresa de locação de veículos. Entre as pessoas que serão interrogadas está um funcionário da Prefeitura de Bayeux, responsável pelo setor de licitação.