Governo

Atualizado em 11/01/2018 10:44

Há oito anos, um fato mudava política paraibana; história se repetirá?

11 de janeiro. Poderia ser uma data qualquer. Não no calendário político paraibano.

Há exatos oito anos, um fato emblemático mexeu com a vida partidária e os destinos do Estado.

Naquela data, o então ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB) anunciava apoio à pré-candidatura do à época prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB).

Tal qual 2018, com o prefeito Romero Rodrigues, o PSDB convivia com a saia justa do desejo da candidatura própria do senador Cícero Lucena.

Mesmo assim, Cássio antecipou ? seis meses antes das convenções ? sua preferência a Ricardo. Um movimento decisivo para a vitória do socialista e o próprio triunfo do tucano nas urnas.

Detalhe, na ocisão do anúncio, José Maranhão, candidato à reeleição era o favorito.

Hoje, o quadro é diferente. O candidato mais bem posto da Oposição, Luciano Cartaxo, ? prefeito de João Pessoa ? aparece na liderança das pesquisas.

Portanto, Cartaxo não exagera quando pede definições em janeiro. A história e os números lhe dão razão.