Estadual

Atualizado em 08/02/2018 08:55

Órgãos e Prefeitura se unem em torno do desenvolvimento sustentável de Patos

legenda da imagem

Aspectos essenciais ao desenvolvimento sustentável do município de Patos foram discutidos ontem por representantes de Órgãos ligados à cadeia produtiva do setor imobiliário e da construção civil, durante audiência com o prefeito Dinaldo Wanderley Filho, em seu gabinete.

Dinaldinho, como é popularmente conhecido, considerou o encontro um marco inicial para o desenvolvimento sustentável da cidade de Patos, destacou que a união de todas as partes envolvidas resultará em inúmeros benefícios para a população e antecipou que o próximo passo será a realização de um Seminário para aprofundar a discussão.

Planejamento para décadas

Com isso, teremos, a partir de um planejamento para os próximos 30 anos, uma cidade melhor, afirmou, referindo-se a urgente solução de históricos problemas, como ligação clandestina de esgotos, contratos de gaveta e não regularização de imóveis, o que implica em insegurança jurídica para os proprietários e perda de arrecadação por parte da edilidade, de recursos que poderiam estar sendo revertidos em infraestrutura.

O presidente do CRECI-PB, Rômulo Soares, defendeu ações conjuntas de combate ao exercício ilegal da profissão e sugeriu através de Cooperação Técnica, a criação de  uma Comissão Permanente de Avaliação de Bens Imóveis, para avaliar imóveis pertencentes ao patrimônio público municipal, passíveis de venda, doação, permuta ou dação em permuta em pagamento, bem como áreas urbanas remanescentes de obras públicas ou resultantes de modificação de alinhamento e ainda avaliação de imóveis para fins de desapropriação.

Avaliação positiva

Outro a avaliar a reunião como bastante positiva foi o presidente do SINDUSCON-PB, Helder Campos. Ele agradeceu a sensibilidade e receptividade do prefeito às ideias e sugestões apresentadas, bem como à busca de um denominador comum às demandas apresentadas pelo setor e anunciou a instalação na cidade de um Núcleo de Gerenciamento pela entidade para melhor atender aos construtores. Helder ratificou ainda o fortalecimento dessa união de órgãos, pelo SINDUSCON-JP, SINDIMÓVEIS-PB e CREA-PB.

A audiência, que foi viabilizada pelo 1º vice-presidente do CRECI-PB e secretário-adjunto da Prefeitura de Patos, Lamarck Leitão, contou ainda com a participação da diretora de assuntos tributários da edilidade, Laís Nunes, do 2° diretor-secretário Josemar Nóbrega, do diretor de fiscalização Augusto Seixas, do coordenador de fiscalização Hermano Azevedo, do delegado Kairo Medeiros e do assessor de imprensa do Conselho, Cândido Nóbrega.

Cândido Nobrega