Municipal

Atualizado em 15/06/2018 09:06

Vereador Léo Bezerra tacha secretário de Saúde de João Pessoa de mentiroso

legenda da imagem

Léo Bezerra (PSB) tachou o secretário de Saúde de João Pessoa de mentiroso, em pronunciamento ontem (14), na Câmara Municipal, reportando-se à declaração do gestor segundo a qual o tempo de espera por exames de ressonância magnética variava de 30 a 60 dias.

Não é verdade, temos inúmeras requisições de janeiro para a realização desse exame, denunciou o vereador. De acordo com o presidente do Sindicato dos Médicos da Paraíba (SIMED), Tarcísio Campos, hoje você tem aí mais de 30 cateterismos eletivos que não estão sendo feitos. O SIMED já realizou várias denúncias em relação a esta questão e vários órgãos já foram notificados, como a secretaria de Saúde de João Pessoa, o Conselho Regional de Medicina e o Ministério Público Federal. O médico relaciona este problema à gestão da saúde. Um paciente que está precisando fazer um cateterismo hoje, vai ter que esperar porque são poucos profissionais que fazem pelo SUS, porque o SUS não paga adequadamente, afirmou.

O médico afirma que a espera dos pacientes por procedimentos médicos é lamentável e revela que já tomou conhecimento de pessoas que morreram na fila de espera. Você tem filas hoje na área de cirurgia cardíaca, na área de ortopedia, na cirurgia geral. Este tipo de coisa, a gente não pode admitir em hipótese nenhuma porque o que está faltando na verdade, além do financiamento, é uma melhor gestão da saúde, esclarece Tarcísio Campos.