Estadual

Atualizado em 25/06/2018 08:55

Efraim diz que pai é o nome colocado para ser pré-candidato a vice de Azevedo e que PT perde vagas por ficar colocando vetos

legenda da imagem

O deputado federal Efraim Filho (DEM) esclareceu nesta quinta-feira (21), em entrevista ao programa Correio Debate, da rádio Correio, que o Democratas faz parte da base do governo e está colocando o nome de Efraim Morais, seu pai, como uma das sugestões para o lugar de vice-governador na chapa de João Azevedo (PSB)

Segundo o deputado, o DEM coloca Efraim Morais buscando um equilíbrio na chapa, tanto regional quanto política. Mesmo dando a entender que as conversas já estão seladas, o democrata não quis adiantar a data para divulgação oficial do nome à vice-governadoria.

Sobre o fato do PT estar divulgando que não subirá no palanque com golpistas, Efraim disse que essa é uma política velha e deve ser mudada, já que até a nível nacional já existem uniões do PT, inclusive com o PSDB, como aconteceu nas eleições passadas. O PT apenas perde vagas na chapa ao colocar vetos, declarou.

Chapa fechada

O deputado ainda informou que a chapa governista ainda não está fechada, mas que daqui para agosto isso acontecerá.  Sobre as vagas para o senado, o democrata acredita que não dá para chegar o São Pedro sem os nomes serem colocados, já que a decisão deve ser tomada com antecedência para que haja um planejamento.

Efraim também defendeu o fim do foro privilegiado e disse que todos devem ser iguais perante a lei.

Sobre o candidato a presidência pelo partido, o deputado afirmou que ainda não há um cenário posto com o Democratas e que estão buscando alternativas, com conversas.

Redação Bastidores da Política

Maryjane Costa