Estadual

Atualizado em 25/06/2018 08:59

Efraim Filho lamenta extremismo do PT sobre veto ao DEM: Não resiste a um argumento

legenda da imagem

O deputado federal Efraim Filho (DEM) reagiu às críticas do PT da Paraíba a uma possível participação do DEM na chapa encabeçada por João Azevedo (PSB) na disputa ao governo do estado. Para o democrata, o partido do ex-presidente Lula dá demonstrações de extremismo e isolamento.

É a velha política. O isolacionismo, o extremismo, é coisa que ficou para trás e não resiste ao primeiro argumento. É frágil que não dá nem para olhar do lado. O DEM é do diálogo, sem vetos porque para nós a bandeira da Paraíba é a mais importante do que se a bandeira é vermelha, laranja, amarelo ou verde, disse.

Ele ainda reforçou o nome de Efraim Morais (DEM) para a vaga de vice de João Azevedo e destacou o potencial político e de articulação do democrata. Ele ainda afirmou que a decisão sobre aliança só deve ocorrer no dia 5 de agosto.

Efraim é o nome do Democratas para essa composição e ela tem argumentos, tem razão de ser. Primeiro, a aliança é para unir os diferentes, duas pessoas que pensam iguais não agregam nada. Efraim tem um debate com o setor produtivo e agronegócio que são eleitores que não são eleitores do PSB. Além disso, tem a questão geopolítica, falou.