Estadual

Atualizado em 06/08/2018 08:35

Couto revela que paraibanos deveriam rechaçar o voto em Bolsonaro: Diz que a solução do país está no uso de armas

legenda da imagem

Provocado por jornalistas, o candidato ao Senado Luiz Couto, do PT, deu sua opinião sobre Jair Bolsonaro, com quem convive há quatro legislaturas, por força da atividade de ambos na Câmara dos Deputados. Couto rechaça o voto dos bolsonistas.

 Ele defende a ditadura e a tortura. Diz que a solução do país está no uso de armas. Uma vez deu uma declaração de que havia tido dois filhos homens e, por erro, uma filha. Um sujeito deste já diz o que é. Não podemos ter outro Collor. De outra feita, disse à deputada Maria do Rosário (PT) que ela não merecia ser estuprada por que era muito feia.

A propósito dessa agressão, o STJ condenou Bolsonaro, em 2015, a pagar uma indenização de R$ 10 mil à petista por danos morais, além de determinar que ele fizesse uma retratação pública no Facebook, no Youtube e em jornais. Ele recorreu, mas é réu no Supremo Tribunal Federal (STF) pela mesma acusação.

Couto reconheceu que o ex-militar tem a simpatia de alguma parte do eleitorado, até por que não poderia de deixar de fazê-lo, uma vez que Bolsonaro aparece em todas as pesquisas até então divulgadas, no período pré-campanha, em segundo lugar ? mas bem atrás de Lula. Na mais recente da CNI/ Ibope, é 33% contra 15%. Porém, os partidos do campo progressista, à esquerda e ao centro, já endossam um só discurso para vencer a campanha nos dois turnos: a unidade de todos em favor de uma única candidatura.