Estadual

Atualizado em 12/09/2018 08:50

Segurança Pública: RC compara gestão e ironiza fuga de presos no governo Cássio

legenda da imagem

O Governador Ricardo Coutinho (PSB), na última terça-feira (11), ao falar de segurança de pública, comparou a sua gestão com a do seu adversário político, Cássio Cunha Lima (PSDB). O socialista falou que na época do tucano era comum fuga de detentos através de tuneis que eram cavados tranquilamente dentro das unidades prisionais, enquanto na sua gestão, quadrilhas do crime organizado precisavam realizar grandes operações.

Na época deles, cavar um túnel tranquilamente e fugirem 84, como fugiu lá no governo Cássio, hoje tem que fazer essa operação porque eles construíram o poder no Brasil que tem desmoralizado, através da prática de alguns políticos, a nossa atividade policial, disse Ricardo para atingir diretamente Cássio.

Nessa semana houve um ataque ao Presídio de Segurança Máxima PB1, onde resultou na fuga de 92 presos. Ricardo garantiu que haverá reforço na Segurança Pública para que episódios como esse não se repitam.

Segunda-feira vou entregar um novo helicóptero com dinheiro próprio. Não tem emenda, não tem nada, é dinheiro do povo da Paraíba. Amanhã [hoje] estarei lá em Campina Grande, no Hotel Garden. Vou colocar mais 500 policiais para dentro e João vai colocar mais 500 quando ele assumir. Ou seja, que foram mil. Eu sou o governador que por ano contratou mais policiais. Não sou desses que ficam conversando potoca nos cantos ou tentando mentir para a população. A média nossa [de novos policiais por ano] é de 304 policiais por cada ano de governo. A média de Maranhão quando governou, dez anos, foi de 278 e a média de Cássio 292, disse o então Governador do Estado.