Estadual

Atualizado em 10/10/2018 07:44

Renato Gadelha atribui derrota para a ALPB a votos obtidos pelo ex- vice-prefeito de André Gadelha

legenda da imagem

O deputado Renato Gadelha (PSC), que não conseguiu reeleger-se, condicionou sua derrota nas urnas à perda de votos para o candidato Doutor Zé Célio (PPS) ? ele avançou nos meus votos, foi o primeiro colocado em Sousa, disse.

O médico, ex-prefeito vice-prefeito de Sousa, Dr. Zé Célio de Figueiredo (PPS), conseguiu ser o 1º colocado na votação no Município de Sousa com 9.657 votos, sem nenhum apoio de lideranças da Cidade. O segundo colocado foi o Deputado Lindolfo Pires (Podemos), com 9.119 votos que teve o apoio do Grupo do Prefeito Fábio Tyrone. A terceira colocação foi para o deputado Renato Gadelha (PSD) com 3.576 votos que teve o apoio do ex-prefeito André Gadelha.

Não vou justificar o meu desempenho nessa eleição, eu quero tão somente descobrir onde eu errei. Todos sabem do meu compromisso com o mandato que recebi, por isso fazendo uma auto-análise da minha vida parlamentar não descobri ainda aonde houve erros e faria tudo de novo se preciso fosse disse Renato ao elencar o seu trabalho na ALPB e fora dela.

Com esse resultado, Sousa ficou sem representação estadual.  Lindolfo Pires que já exercia o seu 5º mandato ficou a 2ª suplência de sua coligação. Dr. Renato Gadelha no 1º mandato, também fica na suplência. Por outro lado, o candidato a deputado federal, o sousense, Leonardo Gadelha (PSC) ficou na 1ª suplência com 60.782 votos.