Municipal

Atualizado em 29/11/2018 11:09

Presidente do Sinfesa diz que projeto de Panta que retira gratificações incorporadas é inconstitucional

O presidente José Farias convida todos os servidores de Santa Rita para evitar o desmonte da gestão pública de Santa Rita que a gestão Panta só pensa em fazer o mal aos servidores.

legenda da imagem

Há dois anos com salários e terço de férias da gestão anterior de 2016 atrasados e sem reajuste de 2017/2018 e terço de férias escalonado pela gestão Panta, corte de gratificações, redução de salários afora a perseguição de servidores, o presidente do sindicato de servidores públicos Municipal de Santa Rita-PB, José Farias, convida para esta quinta-feira (29), todos servidores da prefeitura de Santa Rita para comparecer à Câmara de Santa Rita para evitar e explicar para os parlamentares que a proposta da gestão Panta é retirar a incorporação da gratificação do exercício da função de gestor escolar, que é garantia trabalhista prevista no PCCR da categoria desde 2012 que é lei e a sua retirada é inconstitucional.

Não fomos fomos ouvidos e nem tão pouco convidados para a discussão que é pertinente aos servidores e, que estar incluso no PCCR da categoria do servidores que ocupam cargos em direção e que o prefeito inciou um desmente da gestão pública de Santa Rita, más que não vai conseguir, a proposta do prefeito é inconstitucional, o presidente do sindicato disse ainda que para retirar gratificações ou qualquer outro benefício incorporado é preciso uma ADIN, os parlamentares da Câmara de Santa Rita precisam tomar conhecimento da matéria para não causar mais prejuízo aos servidores com tem causado a gestão Panta e nesta quinta (29) vamos explicar aos parlamentares e pedir pelo arquivamento da proposta do prefeito, alegou o sindicalista José Farias.

Infelizmente, o sindicalista José Farias revelou também que oficiou o presidente da Câmara e alertou o mesmo para qualquer matéria enviada a Câmara Municipal que o sindicato fosse comunicado e que não aconteceu, a proposta do prefeito Panta chegou ao legislativo e não fomos convidados para emitir opinião e que o relator da CCJ emitiu até parecer favorável e na discussão entre os parlamentares ouve questionamentos e a sessão acabou em confusão, e esse é o momento dos servidores se mobilizarem e comparecer ao plenário da Câmara de Santa Rita para reivindicar nossos direito afora os que já foram ceifados.

Lamartine do Vale