Municipal

Atualizado em 29/11/2018 08:12

Projeto de Panta que revoga gratificações mesmo com emenda é retrocesso Santa Rita, diz sindicalista

Veja o vídeo, sindicalista opina na matéria e diz que só quem pode declarar uma lei inconstitucional é o Tribunal de Justiça - ADIN.

legenda da imagem

O presidente do Sindicato de Servidores Públicos Municipal de Santa Rita-PB-SINFESA em entrevista com a reportagem do Paraíba Urgente afirmou nesta sexta-feira (30), que a revogação de incorporação de gratificação de função de gestor escolar promovido pela gestão Panta é o maior retrocesso na estrutura da gestão pública dos servidores de Santa Rita, em dois anos de administração o servidor não foi beneficiado com nenhum benefício, apenas só perdas salarial e até redução de salários para professor, mais não perdemos a esperança e a fé em lutar mais ainda pelo servidores, desabafou o sindicalista José Farias.

A emenda modificativa que assegurou os direitos dos servidores em nossa opinião é inconstitucional e só por meio de uma confusão na sessão no parlamento que fomos informados pelos vereadores de oposição e que foi preciso mobilizar a categoria e intervir para que não obtivéssemos mais perdas como vem acontecendo em dois anos de gestão, sem reajuste de salarial para todos os servidores, terço de férias e até salário atrasado juntamente com terço de férias da gestão anterior ainda, é um verdadeiro massacre que os servidores em geral sofre com a gestão Panta, declarou o sindicalista ao Paraíba Urgente.

Veja o vídeo que o presidente do sindicato opina na inconstitucionalidade da lei.