Flávio do Cabaré tem até esta quinta para tomar posse como vereador ou perde cargo para segundo suplente

O primeiro suplente do ex-vereador Fernando Boca Louca, Flávio Cabaré, deve tomar posse até esta quinta-feira (30). Caso não consiga liberação da Justiça para comparecer à Câmara ou ser empossado por procuração legal, ele perderá a vaga para o segundo suplente Luiz de Bihino.

O procurador da Câmara Municipal, João Luiz, explicou ao ClickPB que o advogado de Flávio do Cabaré informou que haveria a tentativa de comparecimento do primeiro suplente à Câmara de Conde, nesta quarta-feira (29), o que não aconteceu.

Ele disse ainda ao ClickPB que a defesa quer tentar uma autorização judicial para que o suplente preso consiga saída temporária para tomar posse, peça licença do cargo imediatamente após a posse e, depois, retorne à prisão.

O suplente Flávio do Cabaré foi preso no último dia 22 de abril em cumprimento de mandado de prisão, suspeito de exploração sexual. Ele foi detido durante protesto na Câmara Municipal de Conde e encaminhado ao 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM). Contudo, atualmente os presos civis encontram-se transferidos dos batalhões policiais para um setor especial no Complexo Penitenciário de Mangabeira.

O vereador de Conde, Fernando Araújo, conhecido como Fernando Boca Louca, renunciou ao cargo e, por isso, Flávio do Cabaré foi convocado. Boca Louca entregou protocolo de renúncia na tarde do dia 10 de maio e é acusado de manter uma funcionária analfabeta do Bolsa Família como laranja e de desviar o salário da ‘servidora fantasma’.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *