Mulher que denunciou Neymar já foi intimada duas vezes para depor e não compareceu

A mulher que acusou o atacante Neymar de estupro na última sexta-feira já foi intimada duas vezes pela Polícia Civil, mas ainda não compareceu à delegacia para prestar depoimento. Uma nova intimação deverá ser entregue nesta quarta-feira.
A convocação é medida padrão após a abertura de um inquérito. Somente após ouvir a vítima é que o atacante deverá ser chamado para prestar depoimento.

Paralelamente, a Polícia Civil também realiza diligências em relação aos documentos juntados pela própria defesa da vítima nos autos do inquérito.
Na última segunda-feira, policiais intimaram advogados da vítima para um novo depoimento às 14 horas, ao qual ela não compareceu. Nesta terça-feira, novamente uma intimação foi entregue dessa vez para um depoimento marcado para as 18 horas. A jovem não cumpriu a intimação.

O depoimento da vítima, do acusado e as diligências são os passos obrigatórios após a instauração do inquérito. Apenas após isso a delegada Juliana Bussacos, que comanda o caso na 6a. Delegacia de Defesa da Mulher, em Santo Amaro, poderá tomar uma decisão sobre indiciar ou não Neymar.

Mais cedo, um dos advogados de Neymar, André Tanabe, compareceu à delegacia para tomar ciência do andamento do inquérito. Tanabi no entanto não quis comentar o caso afirmado que o inquérito corre sob segredo de Justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *