Com três gols anulados, Athletico-PR e Flamengo empatam em 1 x 1

Se em Porto Alegre tivemos o empate dos tricolores, no 1 x 1 entre Grêmio e Bahia, a noite desta quarta-feira (10/07/2019) teve ainda um encontro entre rubro-negros. Jogando na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), Athletico-PR e Flamengo protagonizaram um jogo de muitas alternativas, com todos os componentes de um jogo dramático: consulta do árbitro ao VAR, gols anulados e muitas, mas muitas chances perdidas.

Os donos da casa tiveram um total de três gols invalidados no jogo: dois no primeiro tempo e um na segunda etapa. No fim, o empate em 1 x 1 pareceu o resultado mais justo na capital paranaense.

O Flamengo demorou apenas três minutos para conseguir a primeira chance de gol na partida. Dentro da área, Vitinho recebeu cruzamento de Bruno Henrique, e emendou uma bomba, que passou perto do gol de Santos. Aos 19 minutos, o Athletico-PR chegou ao primeiro gol. Marco Ruben completou cruzamento para o gol, mas a arbitragem anulou a jogada por conta de um impedimento no início do lance.

O argentino ainda marcaria mais uma vez, aos 34 minutos, mas viria um novo impedimento anular a jogada. Nos acréscimos, Lucas Halter ainda desperdiçou uma chance clara ao chutar por cima do gol o passe recebido em cobrança de escanteio.

2º tempo
O Flamengo começou o segundo tempo melhor. Aos dois minutos, Gabriel Barbosa perdeu chance clara, ao sair cara a cara com o goleiro Santos, que fez boa defesa. Dois minutos depois, o castigo: após cruzamento, Léo Pereira, bem posicionado, abriu o placar.

Aos 11 minutos, o lance de maior polêmica da partida. Em chance clara, Marcelo Cirino saiu na cara do gol, mas foi derrubado dentro da área por Renê. O atacante reclamou de pênalti e o árbitro Anderson Daronco olhou o lance no VAR. A partida ficou paralisada por quase sete minutos para que o gaúcho pudesse ver que, na origem do lance, Marco Ruben fez falta em Rodrigo Caio. No lance seguinte, a zaga do Furacão dormiu e, após passe em profundidade, Gabriel Barbosa tocou com categoria, para empatar o jogo em 1 x 1.

Depois do gol do Flamengo, a partida ganhou em emoção. Os visitantes se lançaram ao ataque com a entrada de Éverton Ribeiro e Diego, mas o Furacão manteve o objetivo de fazer o segundo gol e liquidar a fatura. Em um lance confuso, Gabriel Barbosa viu a bola resvalar no pé dentro da pequena área, mas não conseguiu dominar e finalizar.

Aos 39, o Athletico-PR teve o terceiro gol anulado na partida. Impedido, Rony bateu cruzado, em bola que sobrou para Marcelo Cirino empurrar para o fundo das redes. Anderson Daronco mais uma vez invalidou o lance, uma vez que Rony recebera a bola em posição irregular.

Por conta da paralisação do VAR, o jogo teve 10 minutos de acréscimos. Nesse tempo, o Athletico-PR tentou encurralar o Flamengo para tentar marcar o gol da vitória. O time, entretanto, não conseguiu acertar o pé na finalização e, mesmo tendo criado boas chances no fim da partida, os donos da casa viram o jogo terminar em 1 x 1.

As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira (17/07/2019). O jogo de volta ocorre no Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), às 21h30.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *