Galdino diz que desfiliação de João do PSB ainda é incerta: “Às vezes eu acho que ele vai sair, às vezes eu acho que não”

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino (PSB) voltou a confirmar, nesta quinta-feira (19), que tem pretensão de deixar os quadros do PSB paraibano assim que houver uma janela partidária, todavia, revelou que a possível desfiliação do governador João Azevêdo (PSB) da sigla ainda é incerta. Mas, em caso da saída de João do partido ser consolidada, o parlamentar afirmou que a legenda poderá sofrer uma debandada.

“Se o governador João sair do PSB com certeza vai ter uma debandada. Às vezes eu acho que ele vai sair, às vezes eu acho que não. Vamos aguardar os acontecimentos. Mas se ele sair com certeza terá uma debandada de prefeitos, de deputados e de vereadores e por aí vai. Eu particularmente estou propenso a sair do PSB. Se o governador ficar ou não ficar, eu estou decidido a sair. Vou só esperar uma janela jurídica para sair sem ser penalizado”, avisou.

Apesar do impasse dentro do PSB, até agora nem João Azevêdo nem Ricardo Coutinho afirmaram que estavam rompidos politica e administrativamente. Os dois expressam apenas desconforto com relação aos rumos partidários. João é contra a forma como foi dada a dissolução do diretório na Paraíba, já Ricardo alega que o partido, sob o comando de Rosas, estava escanteado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *