João Azevêdo diz que sua saída do PSB vai depender da nomeação da comissão provisória

O governador João Azevêdo afirmou, nesta segunda-feira (28), que já assinou e encaminhou sua carta renúncia para não participar da composição da comissão provisória estadual do PSB, que tem o ex-governador Ricardo Coutinho como futuro presidente. Ele disse que sua desfiliação dos quadros do partido vai depender da nomeação da nova comissão provisória e, consequentemente, da eleição do diretório estadual da legenda.

Azevêdo falou sobre esses e outros assuntos durante a solenidade de assinatura de protocolo de intenções com Sebrae para estimular empreendedorismo, pela manhã, em João Pessoa.

Em entrevista ao programa “Arapuan Verdade”, o gestor estadual deixou claro que, em momento algum, anunciou possível saída do PSB. “Eu não anunciei saída do PSB para ninguém. Agora eu sempre tenho dito que o ciclo precisa se fechar. A partir do momento da nomeação da nova comissão e da eleição da próxima diretoria, isso é que vai determinar se eu fico no partido ou saio”, ressaltou.

Paulo de Pádua/Fernando Braz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *